sexta-feira, 18 de julho de 2014

What a waste

Isto de estar de férias mas ter que continuar a acompanhar as consultas da cliente em cujo processo estou envolvida é chato. Claro que tem a vertente da aprendizagem (pela qual estou grata, mesmo) e na verdade gosto da cliente, sinto por ela uma empatia especial e quero estar envolvida até o processo ser terminado. Mas dá imenso trabalho. Tenho que ir à faculdade propositadamente durante as férias, em horários que não lembram a ninguém e me fazem perder o dia quase todo. As viagens são pagas por mim, o que é uma porcaria porque nem sempre dá jeito gastar esse dinheiro. Basicamente estou a pagar para aprender e nem sequer vou ter um retorno propriamente dito. E tenho que continuar a fazer os relatórios das consultas, o que obviamente me dá experiência mas custa-me horas de férias que eu sinto que preciso aproveitar. E nem sequer sou avaliada por isso. 

Ando para fazer o relatório desde a semana passada mas nem me dá vontade. Vou fazer o relatório, a psicóloga vai ler e pronto, é só isso. Não vai servir para mais nada, não vou ser avaliada, não fica no currículo. É pura e simplesmente enriquecimento pessoal, o que seria excelente mas neste momento eu quero é paz e descanso, não ter preocupações nem obrigações, que para isso já me chega o trabalho. Lá vou eu perder tempo com isto. O que tem que ser, tem que ser. 

3 comentários:

  1. Pensa que é um esforço que um dia mais tarde te poderá ser útil! E quando se gosta do que se faz é meio caminho andado para a motivação vir! :))

    ResponderExcluir
  2. assim é complicado.. mas pensa na parte dos conhecimentos que estás a adquirir..

    kisses***

    ResponderExcluir
  3. Pode ser, que daqui a uns tempos, olhes para isso como algo que te foi útil, te deu alguma "experiência" :)

    ResponderExcluir