quarta-feira, 23 de julho de 2014


Vejo o final do curso como um aproximar progressivo aos meus sonhos e planos para o futuro. Todas aquelas coisas que queremos fazer e que dizemos sempre "mas só quando acabar o curso" estão todas muito mais próximas, pelo menos um ano mais próximas, visto que daqui a um ano, a correr tudo bem, deixo de estudar. Claro que depois de acabar o curso tenho que arranjar o estágio profissional, inscrever-me na ordem e arranjar emprego, pelo que, na verdade, todos os planos "para quando acabar o curso" são adiados para "quando acabar o estágio e arranjar emprego". O que faz com que estejam pelo menos a dois anos de distância, mas gosto mais de pensar no assunto tendo como referência o final do curso, para animar um bocadinho e não parecer tão longínquo. 

Não é que não esteja entusiasmada pelo último ano de curso, o estágio curricular, porque estou - quero muito começar! Deixando de parte todo o saudosismo, incertezas e medos que o final do curso provoca, estou desejosa que tudo acabe. Quero muito começar a minha vida. Já só penso em ter a minha casinha, começar finalmente a minha vida independente. Já não posso passar por casas bonitas sem desejar ter a minha, a nossa. Imagino cenários, crio  fantasias, imagino-nos deitados numa manta no nosso jardim... É que depois de estarmos tanto tempo com uma pessoa, começam os desejos de seguir para o próximo passo, mas sendo nós ainda tão novos, ainda temos muitas coisas a impedir-nos de fazer logo aquilo que queremos. Ainda há tanto caminho a percorrer: acabar o curso, arranjar emprego, ter alguma estabilidade...Esta é, sem dúvida, a desvantagem de ter uma relação estável e duradoura quando ainda somos tão novos. Tudo aquilo que queremos fazer demora muito mais do que em casais mais velhos. Por esta altura, se fossemos mais velhos, já teríamos isso tudo há muito tempo. Mas pronto, lá somos nós obrigados a dar tempo ao tempo, a viver cada coisa no seu devido tempo, mesmo que demore...e como demora!

6 comentários:

  1. Compreendo-te perfeitamente. Eu agora estou a viver com o R. aquilo que sempre sonhamos desde que fomos crescendo enquanto casal, e é tão, mas tão bom. É sentir que aquilo que sempre sonhaste, sempre pensaste "um dia" está, de facto, a acontecer. Mágico :) também sinto que esta fase demorou imenso tempo a chegar, mas lá está, é acabar o curso e ter emprego e alguma estabilidade, porque amor e uma cabana não funciona, é preciso um bocadinho mais do que isso. M., desejo que passe rápido e que até lá aproveitem da melhor maneiro o tempo sem responsabilidades à séria, que é a desvantagem de se "ser grande".

    ResponderExcluir
  2. é sempre assim..
    eu por acaso tive sorte que o meu namorado já tinah casa o que facilitou imenso as coisas..
    mas quando conseguirem a vossa casinha vai ser maravilhoso :)

    kisses***

    ResponderExcluir
  3. Há-de vir o tempo :)
    MAs com essa força e garra há-de correr tudo super bem!

    ResponderExcluir
  4. Concordo contigo. Por aqui também ainda parece um bocadinho longe... mas há que pensar que já faltou mais.

    ResponderExcluir
  5. Demora, mas com tudo a seu tempo compensa muito ao coração :')

    ResponderExcluir
  6. Identifiquei-me muito com as tuas palavras. Vou para o último ano de curso e estou ansiosa por terminá-lo. Quero muito começar a trabalhar, ter o meu dinheiro e também penso muitas vezes em dar o próximo passo. O meu namorado já trabalha, gere o próprio dinheiro e, por ele, tenho a certeza que se atrevia a ir morar comigo. Mas eu ainda estou a estudar, nem tudo é tão simples e descomplicado como gostaríamos que fosse. Mas até lá, que tudo te corra bem e que possas concretizar os teus sonhos rapidinho :)

    ResponderExcluir