segunda-feira, 7 de julho de 2014

Histórias felizes


Há um programa no TLC que é sobre segredos de família e já por duas vezes fiquei estupefacta com as histórias que lá passaram. Ambas são sobre pessoas que foram adotadas e posteriormente encontraram a família biológica, mas de forma completamente surreal!

A primeira história já vi há muito tempo e continua a ser a mais especial e inacreditável para mim. O senhor trabalhava numa loja e criou uma amizade muito forte com um colega de trabalho, que todos diziam ser muito parecido consigo. Depois de procurar informações sobre a mãe biológica e com muitos twists nesta história, não é que o homem descobre que o amigo afinal era seu irmão...gémeo!?! Nesta altura eu já estava estupefacta, completamente abananada com esta história tão boa, mas não é que o homem vai descobrir que tem mais dois irmãos?? E que moram todos na mesma cidade, apenas a ruas de distância? Maravilhoso! Depois de ver este programa andei a contar a toda a gente esta história, de tão boa que era :)

Ontem quando cheguei do trabalho ainda apanhei outra também muito engraçada, de um senhor que também tinha sido adotado e que, depois dos 18 anos, decidiu procurar a mãe biológica. E lá descobriu o seu nome, que moravam na mesma cidade e que, inclusivamente, a morada da senhora coincidia com a sua rota de entregas do trabalho. Mas o melhor estava para vir: quando perguntou a um colega de trabalho se conhecia alguém com aquele nome, o colega diz "Sim, olha ali, é a X., a chefe de caixa!". Ou seja, este senhor passou anos da sua vida a trabalhar com a mãe biológica, ambos sem saberem da existência um do outro!!

Fico deliciada com estas histórias, estas partidas do destino. Acho maravilhoso aqueles reencontros, nem imagino a felicidade e incredulidade das pessoas ao saber que sempre viveram perto de familiares sem sequer saberem que eles existiam.  Que histórias tão felizes.

3 comentários:

  1. Yah conheço esse programa mas nunca vi... eu achei um piadão ao primeiro breaking amish porque pensei na parte antropologica da coisa mas depois vi uns comentários que aquilo era fake. bah!

    ResponderExcluir
  2. Imagino os reencontros depois possas !
    Realmente há cada coisa...

    ResponderExcluir
  3. Também gosto desse programa ;)

    ResponderExcluir