domingo, 10 de novembro de 2013

Ontem trabalhei doze horas, só com quatro horas de intervalo. Cheguei a casa a passar as 23h30, cheia de sono, cansada, com os pés a latejar e o estômago embrulhado. Tomei banho, meti-me na cama com um chá e algumas bolachas e ainda vi um episódio da minha série, até adormecer. Eram 4h acordei, depois nunca mais consegui dormir. Passei a noite em claro, praticamente, super mal disposta, sempre a correr pra casa de banho, cheia de frio. Quando comecei a ficar melhor e com o sono a aparecer novamente, eram 7h, e hora de me levantar para ir pro trabalho. Cheguei lá a morrer, cheia de medo de continuar mal disposta. Só não faltei porque não queria deixar a minha patroa na mão, sozinha a manhã toda, porque é mesmo complicado. Ironias da vida, ela é que me deixou sozinha a manhã toda, porque ficou a dormir até mais tarde --' Fiquei lá na pastelaria, em hora de maior adesão, sozinha. Só consegui tomar o pequeno-almoço às 11h30 e nem me pude sentar e comer o meu pãozinho de uma vez, tive que andar a comer aos bocados, entre clientes. Como estou assim mal disposta, pedi-lhe se podia vir mais cedo hoje para casa e não ficar até fechar e ela, fofinha, deu-me a tarde toda. Ou seja, estou de folga. Uma folga de treta, passei a tarde em busca das botas perfeitas (e a bom preço) e nada. Basicamente não descansei nada ainda. Daqui a bocado vou para casa e aí sim, vou pôr o meu pijaminha, o casaco xxl do namorado e ver um filme. Preciso desesperadamente de descansar. 

4 comentários:

  1. Como te compreendo M, eu faço o mesmo que tu, por acaso não sabia... ontem cheguei ás 10:30, super cansada e dormir que é bom, esquece lá... de manhã às 6:30 lá fui eu outra vez, cheia de sono.. mas tive tempo para tomar o pequeno almoço!

    e complicado, o nosso trabalho além de ter horários lixado, tem um ritmo alucinante... :/ como te compreendo! estou a precisar de folga, mas amanhã ainda trabalho

    ResponderExcluir