segunda-feira, 30 de setembro de 2013

era uma tarde livre...era

Expetativas: Uma pessoa tem a tarde livre e pensa que vai aproveitar para almoçar nas calmas, dar um ar de sua graça onde a esperam, depois chegar a casa mais cedinho e aproveitar para ler artigos que já se vão impondo (e não acumular até não haver espaço para respirar). Pausa para jantar descansada, depois um bom banhinho e internet, tudo assim com a maior das calmas, sem pressa para nada nem cansaço daqui até à China.

Realidade: Uma pessoa tinha a tarde livre. Almoçou na paz do senhor, apareceu onde era esperado (e chateou-se), apanhou o autocarro ligeiramente mais tarde do que o previsto e passou duas horas (DUAS HORAS) de pé, na fila para pagar o passe do autocarro. Chega a casa às 20h, como nunca acontece quando tem aulas, janta quase sem fome (que isto com os nervos...), toma banho sem vontade nenhuma e agora está na internet porque enfiar-se na cama a esta hora seria demasiado deprimente. Nem ler artigos nem nada, foi um dia produtivo como podem ver. 

3 comentários:

  1. Parece que estás a descrever sentimentos que tenho à sexta-feira.
    Expectativas: sair das aulas às 5h, ir a casa buscar a mala, apanhar autocarro, metro e por fim comboio das 6h e 25, chegar à terrinha, desfazer as malas, jantar descansada e por fim estar na sala com a família ou estudar.
    Realidade: saio das aulas a correr, ir ao outro lado da rua carregar o andante a correr, ir para a paragem de autocarro e esperar uma hora porque eles decidem estar fora de serviço quando é suposto passar de 10 em 10 minutos, apanhar metro e comboio (que entretanto perdi o das 6h e 25, chegar à terrinha, jantar e adormecer no sofá com o cansaço...

    Beijinhos e tem uma boa semana! :)

    ResponderExcluir
  2. Há dias assim! Mas para a próxima será melhor ;)

    ResponderExcluir