segunda-feira, 16 de abril de 2012


Quando tenho que dar uma prenda a alguém, gosto de ir pensando no assunto com bastante antecedência.  Gosto de pensar nas hipóteses todas, quero dar algo que a pessoa vá gostar, não algo a que não vá dar valor.
E depois gosto de personalizar a coisa de acordo com a pessoa em causa. Sou muito mais de prendas que digam algo, tanto a mim como à pessoa, que revele algum momento entre nós ou que represente uma inside joke, do que aquelas que são apenas funcionais. Claro que todos gostamos de receber coisas que possamos usar, algo mais útil ou material, mas a mim, pessoalmente, aquece-me muito mais o coração saber que a pessoa pensou em mim, esteve atento aos pormenores, fez/comprou algo que se adequa plenamente a mim.

E depois tenho o hábito de ficar tempos infinitos a pensar na reacção da pessoa quando abrir a prenda. Porque acho sempre que o que escolhi é fantástico e vai ser recebido com um sorriso. Não sou nada modesta, eu sei que nestas coisas até me safo bem :)

O pior disto tudo é que, como compro/faço tudo com antecedência, depois ando montes de tempo a querer contar à pessoa o que lhe vou oferecer. E Também gosto de tentar decifrar o que têm pra mim :) Mas por muito que a curiosidade aperte, gosto muito mais do factor surpresa. Adoro não saber o que é, aquele momento antes de abrir o embrulho, a expectativa do que estará lá dentro. E gosto também de surpreender, ver a cara das pessoas quando vêem o que lhes calhou, os sorrisos rasgados quando acerto mesmo.  


(tudo isto porque estou aqui roidinha pra dizer ao meu namorado o que lhe vou dar no nosso aniversário. E ele anda a fazer tanta propaganda à prenda fantástica que me vai dar que eu já estou para lá de curiosa)

8 comentários:

  1. Sou tal e qual. Tanto no dar como no receber. A pior coisa que me podem fazer é perguntar: o que queres que te ofereça no aniversário? Bah! Não investirem tempo nenhum a pensar em nós...
    Espero que o momento da troca de prendas, seja um momento bem intenso e feliz.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Sou exactamente como tu, mas dou tantas pistas sobre a prenda que no caso do Moreno ele descobre rapidamente o que é. Tristeza...

    ResponderExcluir
  3. Sem dúvida que assim as prendas valem muito mais e são recebidas com um sorriso sincero =)

    Eu também gosto de por sempre um miminho mais pessoal (quando dou algo mais prático)

    E nada como esperar para saber o que vais receber eheh

    Beijinhos*

    ResponderExcluir
  4. eu tb sou assim, e se for para pessoas especiais, pior :p

    ResponderExcluir
  5. Também sou muito ansiosa com prendas... adoro dar!

    ResponderExcluir
  6. eu também costumo ser assim com a prenda da minha irma (principalmente)... já lhe dei algumas que até eu fiquei espantada... mas este ano, pela primeira vez, deu-me um bloqueio total! estou triste com o meu desempenho!

    ResponderExcluir
  7. Por acaso também faço o mesmo, não gosto nada de quem compra coisas só por comprar...

    ResponderExcluir