segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

a vida passa tão rápido



Às vezes ainda não tenho noção que já tenho 19 anos. Eu sei que os tenho, mas parece que não é real. Não sei explicar bem. Eu sinto-me tal e qual como quando tinha 15, 16, 17 ou 18. Claro que mais madura, com mais experiências, mais histórias e mais conhecimentos, mas estou igual. Antes olhava para as pessoas que tinham a idade que tenho agora e achava-os tão crescidos. E agora estou eu no lugar deles e sinto-me igual. Às vezes quando me perguntam a minha idade digo "19" e aquilo fica ali a ecoar, nem pareço eu. Como é que eu já posso ter 19 anos?
Ainda há pouco tempo tinha 14 e era uma miúda apaixonada e cheia de planos e agora já estou a viver a maior parte das coisas que tinha pensado para mim. 
Ainda há pouco tempo disse "e eu gosto de ti" e agora já namoro há quase 5 anos...
Ainda há pouco tempo andava no 7º ano e queria despachar aquilo mesmo rápido e agora estou metida num curso de 5 anos sem fim à vista, a dividir casa com duas malucas que já são a minha família.
Ainda há pouco tempo criei um blog pela primeira vez e agora já tenho outro, com muitos seguidores e pessoas que me lêem e comentam. 
Sei lá, passa depressa. Passa tudo muito rápido. Quando a minha mãe me dizia "o tempo passa a correr. Mal nos acordamos, os filhos já não são bebés e até já eles têm bebés!". E tem razão. O meu primo mais velho já tem uma filha de quase 2 anos, a minha afilhada que ainda há meia dúzia de dias era um bebé fofinho e cutchi já anda na escola e diz-me sempre "já tens 19 anos, madrinha. És mesmo grande". 
Acho que estou é a ficar velha...

10 comentários:

  1. eu também pensava assim, agora já nem tanto, porque as circunstancias da vida vão mudando e sim, apesar de ainda ter o aspecto da miúda que andava na secundária, já trabalho isso muda tudo.para já não falar que vamos crescendo e aprendendo com a vida. é muito difícil vermos-nos com a idade que temos, mas é fácil identificar a nossa maturidade, e isso é bom. o tempo passa realmente rápido, cada vez mais rápido, mas o que nos deixa de coração cheio é olhar para trás e ver como foi aproveitado o tempo e, apesar dos contratempos que sempre há, com um sorriso no rosto. beijinho [que grande testamento]

    ResponderExcluir
  2. Eu também sinto um bocado isso... E ainda só tenho 15 anos... Beijinho e um bom ano! =)

    ResponderExcluir
  3. então e eu que não me sinto com 24! uma desgraceira! :P

    ResponderExcluir
  4. Crescemos. Não damos por isso, mas crescemos! :)

    ResponderExcluir
  5. Pois é, a vida e o tempo não param! Mas é bom sentires que estás a viver o que sonhaste em miúda, é sinal que os sonhos se estão a cumprir! Quase nunca me sentir com a idade que tinha, acho que é mais ou menos normal! :)

    ResponderExcluir
  6. É normal que o tempo passe, vê-se isso muito bem pelas crianças :) Mas isso não é necessariamente mau ;)

    ResponderExcluir
  7. Ainda me acontece o mesmo, agora com 21. A vida passa mesmo a correr :)

    ResponderExcluir
  8. E eu, então? Vou fazer 39 na próxima segunda-feira. No entanto, são 39 com sabor a 29, porque não os sinto minimamente (a não ser nos cabelos brancos, que teimam em nascer). Se me custa o envelhecer? Assusta-me um pouco, mais pelos problemas de saúde que poderei vir a ter do que pelo resto. Mas é mesmo assim... Chama-se a isto "viver", right?

    ResponderExcluir