domingo, 29 de maio de 2011

Coisas que me ultrapassam: a saga continua III

Para o meu pai, tudo o que é rapariga da minha idade que se cruza connosco lá pela terrinha é minha amiga. "Esta não é aquela tua amiga?" Não, não é. Nem sequer a conheço. "Sabes quem é que trabalha naquela loja nova? Aquela rapariga que mora lá pra cima, que é tua amiga" e eu nem sequer sei quem é a miúda.  Isto e "olha ali a tua amiga", eu olho e é só uma gaja qualquer que calha de ter andado na mesma secundária que eu. 
Isso e achar que toda a gente que eu conheço é minha amiga. Do tipo, dizer-lhe que pessoa X anda lá na faculdade e sempre que ele a vir vai dizer "Olha ali a tua amiga!". Que raio de mania irritante. A sério. Eu sei que sou sociável, é verdade, mas daí a tudo o que mexe ser meu amigo... 

7 comentários:

  1. LOL Que cena! O meu pai nem conhece os meus verdadeiros amigos, quanto mais.. :)

    ResponderExcluir
  2. A minha mãe diz isso mas é no gozo. Especialmente com gente de quem eu não gosto.

    ResponderExcluir
  3. deixa lá! o meu faz me o mesmo ... mais! quase que me faz dar beijinhos a esses amigos e chama-me antipatica se digo que nao!!!

    ResponderExcluir
  4. Faz de ti o cúmulo da amizade. :D

    ResponderExcluir
  5. é típico, as vezes são pessoas que conhecemos meramente de vista e os pais associam que conhecemos, se calhar pra eles pessoas que vêm de vista, vizinhos e etc, é tudo amigos xD

    ResponderExcluir