segunda-feira, 6 de setembro de 2010

temo pela minha vida

se um dia me encontrarem estendida na cama sem respirar, é provável que tenha morrido de susto. Com a quantidade de vezes que me assusto quando estou na cama, é mesmo de pensar que um dia morrerei assim, com um ataque cardíaco. É que estou eu na caminha, muito sossegada a ouvir música com os fones e entre sempre alguém sem eu estar à espera. Ou então, como esta noite, estou já quase a dormir, mais para lá o que para cá, e puuumm, um estrondo enorme. O quadro que tinha "pendurado" na parede caiu, com direito a  parte dos botões que lhe servem de decoração espalhados pelo chão. Escusado será dizer que quase morria ali, de susto.

10 comentários:

  1. Eu nesse aspecto sou como tu xD
    Basta não estar à espera que pumba --'
    Enfim..

    ResponderExcluir
  2. Bem, eu também sou assim, e quando já estou a dormir, ou quase é ainda pior, acabo por perder o sono com tamanho susto.

    ResponderExcluir
  3. Ai credo mulher, que infelicidade morrer assim.

    ResponderExcluir
  4. Nessas circunstâncias também me assusto. Às vezes dou cada "salto"... :|

    ResponderExcluir
  5. Eu também sou como tu... Dou cada salto e solto cada grito! :s

    ResponderExcluir
  6. Olha, já eu sou o contrário de ti. Para me assustar é preciso muito.

    ResponderExcluir
  7. detesto q m assustei propositadament !

    tens q por uma campaínha na porta...qd algem a abrir faz dlin-dlan xD ah e uma luzinha (poq com os phones nao ouves a campaínha)
    eu, e as minhas parvoíces

    ResponderExcluir
  8. Estás mais treinada do que qualquer um de nós, já não morres de susto =P

    ResponderExcluir
  9. Só de ler a situação assustador, acho que fiquei com uma certa ansiedade ao imaginar se fosse o meu caso (que também sou vitima de alguns sustos em momentos meios sonolentos)

    ResponderExcluir