segunda-feira, 13 de setembro de 2010

do cinismo

Cada vez mais me admiro com as pessoas. Quando eu penso que já não há nada de novo para me surpreender, eis que alguém me mostra que afinal é possível. 
Passaram os 3 anos de liceu às cabeçadas. Ela insultava-o do pior que havia, não o podia ver à frente, por pouco não lhe bateu. Ele mentia, criava intrigas, andava no diz-que-me-disse sobre ela. Agora vou ao facebook e vejo que ele deixou um comentário numa foto dela a dizer que ela e a amiga da foto são lindas e que é assim que se vai recordar sempre delas, desejando-lhes tudo de bom, com a maior lata possível. Ela responde dizendo que deseja o mesmo para ele. Mais à frente, novo comentário dele à foto dela: "sei que tivemos as nossas divergências mas és das pessoas que mais admiro, a que vou recordar com mais saudades". A sério, matem-se os dois. 

5 comentários:

  1. Isso é amor!

    Como diz o outro: quanto mais me bates...

    :p

    ResponderExcluir
  2. what?! Oh meu Deus... passaram do ódio ao amor rapidamente!

    ResponderExcluir
  3. Eu concordo mesmo com a Sophie :x socorro * beijinho

    ResponderExcluir
  4. Isso é o pior que se pode fazer --'
    Cinismo mesmo :O

    ResponderExcluir